JB NEWS MA

Operação Lei Seca realiza mais de 300 abordagens no fim de semana

O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), em parceria com o Batalhão da Polícia Militar Rodoviária (BPRV), realizou blitzen da Operação Lei Seca, na sexta-feira (2) e no domingo (4), na


Avenida dos Holandeses e no Olho d’Água, respectivamente. O objetivo das ações fiscalizatórias é reforçar a segurança no trânsito em São Luís.

De acordo com dados da Divisão de Estatística do Detran-MA, foram realizadas 321 abordagens a veículos e 286 testes do etilômetro. Foram registradas 35 infrações por recusa ao teste e 15 condutores foram autuados por dirigir após ingestão de bebida alcoólica.

A ação da sexta-feira ocorreu na Avenida dos Holandeses, a partir das 23h e se estendeu até às 4h da madrugada do sábado. Foram abordados 139 veículos e realizados 119 testes com do etilômetro. Durante essa ação 20 condutores foram autuados por recusa de realizar o teste e sete por dirigir sob o efeito de álcool.

Já no domingo, a blitz da Lei Seca foi realizada na região Olho d’Água, a partir das 16h30. A ação abordou 182 veículos e realizou 167 testes do etilômetro. Foram registradas 15 infrações por recusa de fazer o teste, e oito condutores foram autuados por dirigir após ingerir bebida alcoólica.

A coordenadora de Educação para o Trânsito do Detran-MA e presidente do Fórum Nacional de Operação Lei Seca, Rositânia de Farias, ressaltou que as blitzen são realizadas de maneira permanente. “Recentemente, na Semana Nacional de Trânsito, reforçamos a importância dessas ações, mas, é bom destacar que a Lei Seca é algo permanente, e que suas ações são realizadas durante todo o ano”, afirmou.

Para o motociclista, Hércules Maciel, abordado na blitz do domingo (4), as ações favorecem a prevenção de acidentes. “Essa fiscalização é muito importante para deixar as pessoas mais conscientes e mais seguras no trânsito. Se sair para beber álcool, não dirija depois”, destacou.

As Operações da Lei Seca, realizadas pelo Detran-MA e BPRV, têm a participação da Coordenadoria de Educação para o Trânsito e seguem todos os protocolos de segurança sanitária de combate à propagação da Covid-19. Os servidores do Detran-MA e os policiais que participam das blitzen usam máscara de proteção, têm acesso a álcool em gel e respeitam o distanciamento social.

Sobre a recusa

As ações da Operação Lei Seca têm sido fundamentais na prevenção dos acidentes de trânsito. De acordo com Art. 265ª, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o condutor que for abordado na fiscalização, apresentando ou não sinais de embriaguez, ao se recusar a fazer o teste do etilômetro comete infração gravíssima e está sujeito à multa de até R$ 2.934,70, além do recolhimento da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), que pode ser suspensa, por até um ano, e o veículo retido até que outro condutor habilitado se apresente. Em caso de reincidência o condutor terá que pagar o valor dobrado da multa.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem
header ads
header ads